A boa alimentação, pode ser mais uma boa prática na melhora da imunidade. Pratique!

A boa alimentação, pode ser mais uma boa prática na melhora da imunidade. Pratique!

Trazemos aqui mais um estudo recente sobre a relação imunidade x síndrome metabólica, e comentários de um dos maiores especialistas em alimentação low carb (baixo carboidrato).

Estudos coordenados pela Tulane University (Nova Orleans/ EUA) e publicados em agosto 2020 no Journal Diabetes Care,
trazem como manchete: “Síndrome Metabólica, foi associada aos piores desfechos para pacientes com Covid 19”.

Conforme Dr. Carlos Souto, médico e Presidente da Associação Brasileira Low Carb(ABLC), em entrevista no Podcast Tribo Forte sobre este artigo (transcrevemos apenas alguns trechos):

“Então, esse artigo vem a corroborar essa ideia de que mais importante do que a obesidade em si é saber como que tá o estado metabólico da pessoa, porque veja, até 40% das pessoas com síndrome metabólica não são obesas, então você pode estar no sobrepeso leve ou até estar com o peso normal, por exemplo”….”pessoas de origem do sul da Ásia e do Sudeste Asiático elas podem desenvolver resistência à insulina e síndrome metabólica e diabetes com o IMC entre 23 e 25, que para os ocidentais seria considerado normal, então, o Doutor Malhotra sempre diz que não existe peso saudável, a pessoa está saudável ou não está, a pessoa pode estar com o peso normal pelo critério do IMC, mas não está saudável…”

E Dr Souto prossegue:
“...síndrome metabólica é um conjunto de alterações relacionadas à resistência à insulina, que inclui pelo menos três dos seguintes: pressão alta, glicose acima de 100, ou pode ser usar remédio para pressão, ou usar remédio para glicose, aumento da circunferência abdominal…daqui a pouco pode variar de uma etnia para outra, mas enfim, o acúmulo de gordura na região da barriga, o HDL que é o colesterol bom baixo, e os triglicerídeos altos, se você tiver qualquer uma dessas coisas, se você tiver pelo menos três dessas coisas a gente já tem esse diagnóstico de síndrome metabólica, e isso aí está associado com inflamação, com a imunidade pior, então você não está só em risco maior de ter um desfecho ruim com covid, você está em risco maior de ter desfecho ruim com um monte de coisa…”


“E aí chega esse momento onde “bom, e o que nós vamos fazer com essa informação?” Nossa, ficar presos dentro de casa o mais protegido possível, porque afinal nós temos síndrome metabólica e não temos nada para fazer quanto a isso, claro, as pessoas que tem risco tem que se proteger mais, mas o artigo deveria ter salientado que síndrome metabólica não é como uma doença hereditária, que você herdou ou teve má sorte, teve um gene ruim, não é destino selado, a síndrome metabólica é uma coisa que pode ser revertida.”


E Dr Souto conclui:
“...eu achei a mensagem um pouco de derrotista: “nossa, síndrome metabólica está associada com risco maior de covid e outras doenças e portanto o que você tem que fazer é ficar ainda mais recluso”. Tudo bem que a pessoa tem que se cuidar, mas ao mesmo tempo não seria o momento de dizer “olha, esse é um belo de um motivo para você mudar sua alimentação, porque síndrome metabólica não é destino”.

 

Gostou do conteúdo? Deixe um comentário sobre o que achou e compartilhe ;)



WhatsApp Chat WhatsApp Chat
Copyright © 2020-present Conserve Food, Inc. All rights reserved.